quarta-feira, 9 de julho de 2014

O amor é um animal indomável que avança sem autorização por atalhos, nada o faz parar, é necessária uma força brava para o segurar nas pontas do destino e com ele caminhar sem deixar que as fronteiras escureçam pelos dias, é imperativo esmorecer essa resistência quando nos leva a caminhos inóspitos.

Sem comentários:

Enviar um comentário