quinta-feira, 13 de novembro de 2014


Os silêncios de sal na penumbra das brumas ocultam as ficções…dentro da voz em luz tudo se clarifica no momento derradeiro…a espera é a segura certeza na alma quieta!

Sem comentários:

Enviar um comentário