domingo, 16 de novembro de 2014

Há sempre um brilho no olhar quando a alma acredita na vida, mesmo que o nevoeiro esteja à distância de um dedo, não muda a intensidade com que se observa, o infinito ponto e luz...

Sem comentários:

Enviar um comentário