terça-feira, 4 de novembro de 2014

Há almas que cantam no choro dos homens...há homens que não choram a alma na ausência perdida do universo aberto dos sentidos...

Sem comentários:

Enviar um comentário