domingo, 4 de janeiro de 2015

Há espera que os sons e as cores se misturem na linha do horizonte onde o meu olhar não se perde ao encontro do infinito... o sentir que me embala os silêncios...

Sem comentários:

Enviar um comentário