segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Há silêncios que erguem barreiras em betão armado...nem os ventos os trespassam...nem o tempo os demove...eternizam-se em incertezas que com o tempo se tornam certezas sem volta!

Sem comentários:

Enviar um comentário