sábado, 27 de junho de 2015

Por muito que a alma lute o corpo tem o limite humano...por isso há dias que o mundo parece um vale sem luz...o corpo deita-se para aguardar novas aragens...

Sem comentários:

Enviar um comentário