sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Nos caminhos onde caí as pedras recolheram o meu corpo...da terra fresca as feridas secaram nas sementes que ainda não vi...

Sem comentários:

Enviar um comentário