domingo, 21 de outubro de 2012

Nos transversais sentidos deixei de sentir...num imergir de silêncios que falam mil imagens...os gestos calam quando o coração deixa de ouvir a voz mesmo na distância...porque há distâncias que se sentem presentes e outras que são o afastamento...não um momento!

Sem comentários:

Enviar um comentário