quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Cada vez que uma palavra é apagada do âmago, morre a emoção que ela guardava...apenas ela conhecia a forma que lhe era vida!

Sem comentários:

Enviar um comentário