quinta-feira, 10 de novembro de 2011

A liberdade dá à poesia aquilo que dá à vida, movimentos soltos e genuínos!
 

Sem comentários:

Enviar um comentário