segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Abro a janela da noite para receber a aurora branca que se deitou nos pastos...entrego às horas o despertar sereno do pensamento no agasalho do intenso sentir que me desperta na vida...onde sou!

Sem comentários:

Enviar um comentário