segunda-feira, 12 de novembro de 2012

As maiores (des)ilusões vêem sempre da proximidade...das distância já nós lhes conhecemos os passos...

Sem comentários:

Enviar um comentário