sexta-feira, 16 de novembro de 2012

No começo do dia há sempre um recomeço mesmo com as horas gastas... as renovações entram pela porta do olhar quando os raios de sol espreitam e dizem "Bom dia"...a alma canta enquanto aguarda a luz da verdade a brilhar num canto onde se encolhem as vozes que murmuram escuros momentos...o espírito leve caí por meros instantes para elevar a um patamar mais elevado de sorriso renovado e solto...nos encontros dos desencontros fugazes no espelho de frente ao olhar!

Sem comentários:

Enviar um comentário