quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Harmonia

Um pouco de Primavera
nas mãos que se cruzaram um dia
e permanecem em verdade
neste Outono de saudade...

Quem me dera ter-te
mais perto
partilhar mais contigo
o chá de tília
que as nossas mãos aquecem...

Estar pela noite dentro
em harmonia de palavras
onde a verdade é o sentir global
das coisas palpáveis...

Partilhar silêncios
tão nossos
momentos criados
dos sonhos que se tocam
em perfume de rosas amenas
nos rios de água a fluir
entregar-te a Primavera
nos Invernos duros
onde os muros se quebram
com a transparência dos sentires...

Sem comentários:

Enviar um comentário