segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Serei sempre a fragilidade de cada emoção na fortaleza de cada convicção...num caminhar entre pedras e aromas...a alcançar as barreiras mais ténues no horizonte palpavel pelo meu olhar...

Sem comentários:

Enviar um comentário